Brasil: Toque de recolher altera rotina da periferia de São Paulo

Na zona norte, moradores dizem que ordem para baixar portas vem do crime e da PM
O telefone do açougue tocou logo após as 17h30 de quarta-feira e a funcionária ouviu uma voz que mandava fechar o comércio naquele momento. Se não obedecesse, alguém ia descer bala na loja. Avisado da ligação, o gerente imediatamente começou a baixar as portas. “Não vou esperar para ver”, afirmou ele, assustado, cercado por auxiliares nervosos, que foram dispensados do expediente da loja de carnes três horas mais cedo.

O açougue fica na esquina da Avenida Deputado Cantídio Sampaio com a Rua Avoante, no Jardim Damasceno, vizinho à Vila Brasilândia, na zona norte. A região vive assombrada por uma onda de toques de recolher, ameaças a comerciantes, tiroteios e uma Operação Saturação da Polícia Militar, deflagrada após bandidos executarem a soldado Marta Umbelina da Silva, na noite de sábado da semana passada, na frente de sua filha, de 11 anos. MAIS…

About these ads

Deja un comentario

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

Seguir

Recibe cada nueva publicación en tu buzón de correo electrónico.

Únete a otros 75 seguidores

%d personas les gusta esto: